tributação para médico qual é a melhor opção

Tributação para médico, qual é a melhor opção?

Como Médico deve entender sobre os seus Impostos: O guia absolutamente Completo

Tributação para médico qual é a melhor opção?

Antes de iniciarmos o artigo, já quero te dizer, que você ganhou um produto para calcular automaticamente, fazer simulações da carga tributária.

Eu criei uma planilha simples e fácil de utilização, onde deve responder apenas 3 perguntas.

Essas 3 respostas que você preencheu, irá calcular automaticamente os valores dos impostos e suas cargas tributárias.

Essa planilha eu comercializava era por R$ 750,00 reais, e resolvi oferecer para você sem custo algum (grátis).

Apenas clique na imagem abaixo e baixe ela gratuitamente.

Tributação para Médico qual melhor opção?

Como em qualquer outro tipo de negócio, é comum o questionamento sobre a necessidade de abrir empresa ou não para atividade odontológica, e principalmente sobre a questão da carga tributária.

Neste quesito fica a dúvida dos Doutores e Doutoras, trabalhar como AUTÔNOMO ou ABRIR EMPRESA?

Vamos entender alguns pontos a avaliar.

Abrir Empresa

A grande diferença para aqueles que abrem empresa para os autônomos, está nos benefícios que você como Médico(a) Empreendedor pode ter, como por exemplo:

  1. Contratar funcionários
  2. Redução de Impostos
  3. Empréstimos e Financiamentos diferenciados
  4. Distribuição de Lucros da sua empresa para você Isentos de Tributação

Poderia citar outros, mais o foco não é esse, e sim identificar a diferença de impostos que você irá pagar em cada regime.

Sobre a questão de abertura de empresa, tenho um artigo detalhado sobre as etapas que devem ser seguidas e como funciona.

Neste artigo você irá entender:

  1. Tipo de Empresa e regime jurídico
  2. CNAE (tipos de atividades)
  3. Regimes de Tributações
  4. Quanto de imposto você irá pagar
  5. Legalização do seu negócio
  6. Empreendedorismo

Caso queria baixar um infográfico grátis dos 6 passos de como abrir uma empresa, clique no link abaixo:

Baixar Gratuitamente o Infográfico – agora

Clínica ou Abrir Empresa ?

A grande diferença está entre, ser Empresário ou Trabalhar Sozinho.

Vou te explicar, quando você abre uma empresa, porém, apenas para atender em consultórios, hospitais, pronto-socorro ou clínicas de terceiros, você abriu apenas para reduzir impostos comparado ao autônomo.

Já abrir um consultório você é dono de um estabelecimento que provavelmente, terá funcionários trabalhando com você.

Na questão tributária o que irá mudar é na escolha do Regime Tributário, explicado no artigo de como uma abrir empresa

Planejamento Tributário

Tributação para Médico(a) você sabe como pagar menos impostos?

Vamos entender algo que claro e específico, pagar imposto não é uma escolha, é uma obrigação, que todos estão sujeitos.

A grande sacada está naquele que tem uma assessoria de um profissional qualificado para auxiliar de forma legal, a  pagar o impostos devido porém, de menor valor.

CLIQUE AQUI E CONTRATE CONTABILIDADE PARA MÉDICOSdentistaequipe - Tributação para médico, qual é a melhor opção?

Ou seja, criar uma economia tributária sem ter complicações.

Neste artigo irei demonstrar, como e quanto você poderá economizar utilizando a estratégia certa.

Então vamos lá, irei primeiramente falar da tributação de MÉDICOS para Pessoa Física

A tributação para médicos que atuam na PF de forma Autônomo, será tributado por 3 Tributos, IRPF + INSS + ISS.

O INSS fica limitado ao um teto de 20% sobre o valor do serviço.

O ISS para o município de Uberlândia, pode ser recolhido de forma fixa e trimestral ou sobre o valor bruto do serviço uma alíquota de 2%.

O último e o que gerar grande impacto é o IR tem uma tabela progressiva de até  27,5% sobre o valor bruto do seu serviço, além de que gerar obrigações de fazer a escrituração do seu livro caixa e o Carnê-leão, sobre as obrigações que o médico tem para o fisco.

Especialmente relevante, atualmente meus clientes sempre me procura devido ao fato que os hospitais não estão aceitando mais na pessoa física, devido o custo de INSS Patronal que o hospital tem com o médico.

Agora sobre a tributação para médico(a) enquadrados na Pessoa Jurídica:

Tivemos recentemente a inclusão da atividade de médico(a) no Simples Nacional, além disso,

Portanto, podemos optar pelo o regime Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Devido as melhores opções são o Simples Nacional ou o Lucro Presumido, isso dizendo no quesito de custo tributário.

Entretanto, temos que fazer um Planejamento tributário para saber qual é a melhor opção, pois, irá depender do tamanho do seu faturamento mensal e o custo de mão de obra mensal que sua empresa possui.

Então vamos falar sobre a tributação em cima do Simples Nacional e do Lucro Presumido na seguinte situação que você trabalhe de forma pessoa jurídica, prestando serviço para terceiros, ou seja, você não tem funcionários.

Começando com o Simples Nacional para Médico:

No ano de 2017 o Anexo que se encaixa a atividade é o anexo VI que inicia em uma alíquota de 16,93%  sobre o Faturamento Bruto.

A LC 155/2016 com efeitos a partir de janeiro de 2018, veio com uma grande mudança para o simples nacional, inclusive para a atividade de odontologia tivemos mudança:

  • principal mudança é que será tributado no anexo III que inicia em 6% a alíquota
    • desde que o custo com sua folha incluindo o seu Pró-labore seja maior que 28%
    • se não for será tributado pelo o Anexo V que inicia em 15%.

Tributação Lucro Presumido para Médicos:

Sobretudo, já no Lucro Presumido, que costuma na maioria das vezes ser a melhor opção.

Como resultado, por falta de não ter custo com folha de pagamento

A carga tributária é de 11,33% incluso PIS/COFINS/IRPJ/CSLL + ISS.

Onde irá depender da forma que abriu a sociedade da empresa, podendo ser recolhido trimestralmente um valor fixo, ou uma alíquota aqui para Uberlândia é de 2%.

Além disso, temos o custo de INSS sobre a folha de pagamento caso possua colaboradores CLT.

Agora vamos comparar os Benefícios que temos entre Pessoa Física (PF) e Pessoa Jurídica (PJ).

Digamos que você fature 15.000 ao mês ou seja, R$ 180.000 ao ano, e não tem dependentes.

Na Pessoa Física seria um total de recolhimento incluindo os 3 tributos de R$ 44.361

No Simples Nacional para o ano 2017 seria um total de R$ 30.474

No Lucro Presumido seria uma carga tributária de R$ 20.394 sem o ISS

Veja doutores e doutoras uma economia tributária Pessoa Física versus Pessoa Jurídica no Lucro Presumido de R$ 23.967 no ano representando uma redução de 54% de carga tributária.

Além dessa redução, os lucros que sua empresa possui podem ser distribuídos para sua Pessoa Física isento de Imposto de renda é isso mesmo.

*Lembrando o que já foi dito no início deste post

Eu criei uma planilha simples e fácil de utilização, onde deve responder apenas 3 perguntas.

Essas 3 respostas que você preencheu, irá calcular automaticamente os valores dos impostos e suas cargas tributárias.

Essa planilha eu comercializava era por R$ 750,00 reais, e resolvi oferecer para você sem custo algum (grátis).

Apenas clique na imagem abaixo e baixe ela gratuitamente.

Caso você ficou com alguma dúvida, ou queria que agente faça um planejamento tributário para você sem custo algum, mande um e-mail para nós, será um prazer ajudá-ló.

Lembrando, caso gostou do conteúdo compartilhe com seus amigos e não deixe de comentar.

2 comentários em “Tributação para médico, qual é a melhor opção?”

Deixe um comentário

Fale com o Contador Responsável