vender sem nota fiscal

Vender Sem Nota Fiscal, Pode?

LOGO NOVA cinza 2 - Vender Sem Nota Fiscal, Pode?

Vender sem nota fiscal: saiba por que você não deve fazer isso.

Para todo empresário que necessita da emissão de nota fiscal (vender sem nota fiscal), é importante estar ciente do que se pode fazer ou não. Vender sem a emissão da nota pode representar um grande risco para o empreendimento, podendo levar a algumas dificuldades com o fisco e órgão competentes.

Portanto, é imprescindível que o empreendedor tenha conhecimento sobre como funciona as praticas contábeis de emissão de nota e que regularize sua empresa para que essa medida seja efetiva conforme a atividade comercial cresce.

Pensando dessa forma, quais medidas seriam necessárias para que a empresa possa estar de acordo com as normas fiscais? Quais são os riscos que o empreendimento corra caso não emita a nota? Quais são os benefícios da emissão da nota fiscal? Neste artigo falaremos sobre esses assuntos para que o empresário possa estar mais bem informado. Acompanhe!

Riscos sobre a venda sem nota fiscal

Antes de dizermos qualquer coisa sobre como proceder e quais são os benefícios sobre adotar a nota fiscal, precisamos entender quais são os principais riscos sobre a não emissão. De acordo com a lei 8137/1990, existe a obrigatoriedade da emissão de nota fiscal para todos os CNPJs, exceto os registrados em MEI.

Caso não cumpra com a lei (vender sem nota fiscal), e seja réu primário, a multa para o fisco pode chegar a ate 10 vezes o valor da nota. Caso haja reincidência, o empresário poderá ser detido por ate 5 anos. A não emissão da nota será a referência para detectar o tempo de evasão fiscal. 

Com a percepção sobre as penalidades mais severas da evasão fiscal, o empresário poderá determinar de maneira mais clara e objetiva o tipo de risco que estará correndo.

É preciso estar consciente sobre cada medida a ser adotada e as possíveis penalidades caso não haja vontade em estar de acordo com as regras tributárias.

Contudo, é preciso mencionar os benefícios sobre a prática fiscal. Logo abaixo iremos citar os melhores benefícios para que o empreendedor possa entender a melhor pratica para a sua própria empresa.

Os benefícios da emissão da nota fiscal

Para que o empreendedor entenda qual seria a melhor pratica possível, é preciso ter conhecimento sobre os melhores benefícios que a emissão de nota fiscal pode proporcionar. 

Imagem6 - Vender Sem Nota Fiscal, Pode?

Para isso, iremos citar 4 benefícios simples que podem convencer a adoção sobre essa pratica contábil tão essencial:

Medidas para estar de acordo com a questão fiscal

  1. Histórico de Transações: Com a emissão da nota fiscal o empresário terá registrado o histórico fiscal sobre cada operação de venda, o que facilita a organização da empresa. Com um histórico bem ajustado, o controle de fluxo de caixa fica bem definido, facilitando o controle financeiro da empresa. Com um controle financeiro correto, a empresa terá todas as condições possíveis para crescer e prosperar.
  2. Mais organização Contábil: Obviamente que com a emissão da nota fiscal, o empreendimento terá uma organização contábil mais completa, levando essa organização a ter uma maior sincronia com o financeiro. Com isso, a empresa se torna mais eficiente em seus processos administrativos, levando a uma maior capacidade produtiva.
  3. Facilidade para emissão: Antigamente, havia uma grande dificuldade para emissão e armazenamento da mesma, uma vez que tudo era feito em papel. Atualmente, com a ajuda da tecnologia, toda a emissão da nota é feita de maneira eletrônica, facilitando o armazenamento e o deslocamento da mesma, uma vez que pode ser feita por meios eletrônicos. Com toda essa facilidade, o processo se torna simples e com baixo custo.
  4. Diminuição da Inadimplência: Com a emissão da nota fiscal existe a facilidade da cobrança sobre a dívida de alguma venda. A nota fiscal é um documento reconhecido que irá facilitar a cobrança a nível jurídico, caso seja necessário. Com isso, haverá uma maior segurança sobre a liquidez do caixa da empresa, permitindo um planejamento melhor.

Como diminuir os riscos de fiscalização

Para que a empresa esteja apta a emitir a nota fiscal eletrônica é muito simples. Com o registro do CNPJs, os próprios órgãos competentes já oferecem softwares que possam fazer todo o trabalho necessário.

Caso queira fazer um trabalho mais profissional, existem diversas empresas que atuam como prestadores de serviço que poderiam oferecer uma emissão mais correta sobre cada emissão de nota. A emissão feita de maneira correta, sem que haja algum erro de informação, facilitara todo o processo e irá garantir os benefícios citados anteriormente.

Logicamente que, para que esses processos todo possam funcionar de maneira bem constituída de acordo com as leis, é necessária a presença de um profissional da área contábil.

Somente ele será capaz de proporcionar de maneira correta as diretrizes para que essa emissão possa estar de acordo com as normas do governo.

Desta maneira, podemos dizer que a emissão da nota fiscal é extremamente benéfica para o empresário.

Uma vez que esse tipo de prática é percebido como algo útil para o empreendedor, é possível haver um bom planejamento para que essa mesma prática seja feita de maneira eficiente.

Além disso, é preciso estar ciente das penalidades sobre a não emissão da nota fiscal. A lei mostra que as punições podem ser bem severas com multas pesadas e ate mesmo prisão preventiva. Portanto, cabe aos responsáveis buscar informações e adequar todo o procedimento. 

5 1024x1024 - Vender Sem Nota Fiscal, Pode?
Abertura de Empresa Grátis

Vender sem nota fiscal pode te levar a cadeia

A verdade é que estar de acordo com as leis tributárias gera um beneficio maior ao empreendimento no longo prazo do que se não houvesse qualquer emissão de nota. A questão de proteção jurídica que as notas fiscais são capazes de proporcionar é capaz de compensar o custo com tributos.

Fora isso existe atividades comerciais que podem se beneficiar de algum tipo de isenção ou recuperação fiscal, o que levaria a diminuição da carga tributária e, como consequência, uma melhora significativa no fluxo de caixa da empresa.

Com um fluxo de caixa ajustado, a empresa estaria apta a fazer investimentos na capacidade produtiva, levando a ter um ganho maior de mercado, proporcionando assim uma elevação considerável do faturamento no longo prazo.

Com esse tipo de medida bem adotada, os negócios cresceriam de maneira sustentável, com uma grande saúde financeira, aumentando assim a sua capacidade de agir dentro do seu próprio mercado.

Sobre a Networking Consultoria e Contabilidade

soon 873316 960 720 - Vender Sem Nota Fiscal, Pode?

Somos uma empresa contábil com o propósito de ajudar os empreendedores terem uma empresa mais lucrativa, através da gestão do seu negócio.

Clique aqui e fale comigo agora mesmo no WhatsApp.

Deixe um comentário